Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 4 de Dezembro de 2021

Policial

Traficante "perigoso" que trocou tiros com a Polícia é recapturado em operação

Atualmente ele vivia com documentos falsos e ainda estava em posse de R$ 10 mil quando foi detido

Campo Grande News

30 de Setembro de 2013 - 10:33

Duas fugas da Polícia Militar e da Polícia Civil este ano, que envolveu uma troca de tiros e dois mandados em aberto por tráfico de drogas. O currículo, que qualificou Marcos da Silva Ribeiro, 55 anos, como um “traficante perigoso” da Capital, culminou em uma operação da Denar (Delegacia Especializada em Repressão ao Tráfico de Drogas) e em sua captura na quinta-feira (26).

No outro dia, conforme o delegado Rodrigo Yassaka, responsável pelas investigações, os policiais se dirigiram para o local que funcionava como depósito. Além de Marcos, outras três pessoas foram presas sob a suspeita de envolvimento no crime. A maconha totalizou 231,8 kg e estava enterrada no assentamento Canaã, em Rochedo, a 74 quilômetros da Capital.

Lidiana Pereira da Silva, 26 anos, Talita Freitas, 24 anos e Edevaldo Ortiz Pereira, 20 anos, negaram o crime e também conhecer Marcos. “Este é um depoimento extra-oficial e não tem respaldo para a Polícia. O local funcionava como um depósito e também como entreposto para garantir a distribuição da droga”, acredita o delegado Yassaka.

As investigações, conforme o delegado, ainda apontaram que Marcos distribuía entorpecente “em grandes quantidades” para o Maranhão, Rondônia e também buscava no Paraguai. Atualmente ele vivia com documentos falsos e ainda estava em posse de R$ 10 mil quando foi detido. A Polícia ainda apreendeu um veículo Palio e oito celulares que foram encaminhados para perícia.