Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 27 de Janeiro de 2021

Policial

Traficante que planejou morte de juiz está no Presídio Federal

Apontado como integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Veron também é acusado de planejar a morte do juiz federal Odilon de Oliveira

Correio do Estado

25 de Fevereiro de 2014 - 08:09

Extraditado do Paraguai no domingo (23), o traficante Nilton Cezar Antunes Veron foi trazido de Assunção para Campo Grande, sob escolta da Polícia Federal e colocado sob custódia no Presídio Federal.

Apontado como integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Veron também é acusado de planejar a morte do juiz federal Odilon de Oliveira, em 2008, quando o magistrado encontrava-se respondendo pela Vara Federal de Ponta Porã. A reportagem está na edição de hoje (25) do jornal Correio do Estado.

O governo paraguaio atendeu ao pedido brasileiro de extradição por conta de processos a que Veron responde em Ponta Porã e em Campo Grande, por assassinato e formação de quadrilha, informa a reportagem de Thiago Gomes. O processo de extradição foi realizado sob a supervisão do promotor Juan Emílio Oviedo, da Direção de Assuntos Internacionais do Ministério Público do Paraguai. O juiz Alcides Corbeta assinou a extradição.