Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 23 de Abril de 2024

Policial

Tribunal de Justiça nega liberdade a policial militar que matou ex-esposa

Campo Grande News

18 de Julho de 2011 - 08:34

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou liberdade para o policial militar Paulo César Lucas Barbosa, acusado de matar a ex-esposa.

Na última sexta-feira, o tribunal negou pedido de liminar em habeas corpus. O mérito do pedido ainda será avaliado pela 1ª Turma Criminal, para decisão final.

O policial foi preso em 30 de janeiro, dia do crime. Luciana Chaves Faria, de 35 anos, foi morta com um tiro no abdômen. Após um casamento de 16 anos, eles estavam separados há duas semanas. O casal tinha três filhos.

A versão inicial do policial para o crime é de que ele dormia em um quartinho no bairro Coophavilla, em Campo Grande, quando a mulher chegou e arrombou a porta.

Sem saber que era ela, ele pegou a arma que estava ao lado da rede onde dormia, e disparou. Investigadores da Polícia Civil ouvidos em juízo declaram que Luciana foi atingida por dois tiros.

O policial está preso no Presídio Militar. Ele foi autuado em flagrante. A próxima audiência do caso está marcada para o dia 4 de agosto.