Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Outubro de 2020

Policial

Trio ateou fogo em carro para se vingar de trabalho feito por soldado da PM

O incêndio só não destruiu a casa graças a ação dos vizinhos. Os três suspeitos pelo crime foram presos e encaminhados para o presido da cidade.

Campo Grande News

27 de Dezembro de 2013 - 14:52

Três jovens atearam fogo a carro de um policial militar em represália ao trabalho executado pelo soldado, segundo investigações feitas pela Polícia Civil. O terceiro envolvido no crime, Deivithy Moreira Rodrigues, o Barata, apresentou-se à Polícia nesta sexta-feira (27) acompanhado pelo advogado.

Ele é acusado de ser o mentor o executor do incêndio, que teve a participação de outros dois jovens, Bruno Jesus Bernardes, 19, e Rafael Augusto da Silva, 23. Eles quase causaram uma tragédia, já que o veículo estava na garagem e o fogo se propagou pela residência.

O incêndio só não destruiu a casa graças a ação dos vizinhos. Os três suspeitos pelo crime foram presos e encaminhados para o presido da cidade.

“A investigação apurou que o crime foi em represália ao bom trabalho desempenhado pelo soldado, pois os acusados possuem diversas passagens e, em muitas delas, houve na coibição a participação do PM”, informou a polícia em nota.