Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Política

André sugere ‘viagra’ para turbinar a campanha em Mato Grosso do Sul

Para esquentar, precisa tomar muito Viagra”, resumiu ontem (16) o governador, em alusão ao medicamento indicado como estimulante

Correio do Estado

17 de Setembro de 2014 - 07:09

A menos de um mês das eleições, o governador André Puccinelli (PMDB) avalia que ainda não foi dada a largada na corrida em busca de votos para eleger seu sucessor no comando de Mato Grosso do Sul.

Para a maior liderança do Estado, a campanha continua fria e precisa de mais gás por parte dos candidatos para tomar forma. “Para esquentar, precisa tomar muito viagra”, resumiu ontem (16) o governador, em alusão ao medicamento indicado como estimulante. 

A declaração foi feita em meio ao estouro dos escândalos de corrupção da Petrobras envolvendo um dos postulantes ao cargo, o senador Delcídio do Amaral (PT). Fatos como esse normalmente são explorados à exaustão pelos adversários durante a campanha.

No entanto, o governador preferiu não comentar se o surgimento das denúncias poderia prejudicar a candidatura do petista. “Não me meto em política”, limitou-se a responder, quando questionado sobre o tema.