Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 28 de Novembro de 2021

Política

Braço forte de Ari Basso deixa prefeitura após 6 meses frente a Secretaria de Governo

A justifica para sua saída, além dos compromissos políticos assumidos com o comando regional do partido, a desoneração da folha que ainda esta acima da permitida por Lei.

Paula Lucia/Região News

30 de Setembro de 2013 - 11:27

Numa reunião que dourou cerca de 40 minutos na manhã desta segunda-feira (30/09) o ex-prefeito e secretário de governo Enelvo Felini (PSDB) entregou o cargo ao prefeito Ari Basso, também do PSDB. A justifica para sua saída, além dos compromissos políticos assumidos com o comando regional do partido, a desoneração da folha que ainda esta acima da permitida por Lei.

Enelvo sai da Prefeitura de Sidrolândia para atuar na coordenação da pré-campanha do deputado federal Reinaldo Azambuja, cotado para concorrer à vaga no Senado, mas que não descarta a possibilidade de se aventurar na disputa pelo Governo do Estado.

Na semana passada, logo após a Câmara aprovar em primeira votação o projeto de lei do vereador Mauricio Anache (PSDB) que institui a ficha limpa no âmbito municipal, Enelvo já havia sinalizado que estava na iminência de deixar o cargo, concretizado na manhã de hoje.

A partir da promulgação da lei (passará ainda por uma segunda votação), em tese, Enelvo não poderia continuar no cargo por  estar inelegível por 8 anos, após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que impugnou o registro da sua candidatura a prefeito. Durante pronunciamento, Enelvo negou que sua saída tenha sido motivada em decorrência da Lei.