Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Outubro de 2021

Política

Deputados voltam a Assembleia de MS com poucas indicações e projetos de lei

Com início às 9h40, até pouco depois das 10h, apenas um projeto de lei e uma indicação foram feitos pelos parlamentares.

Midiamax

06 de Agosto de 2013 - 10:47

Os deputados estaduais voltaram do recesso nesta terça-feira (6) em clima morno na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Com início às 9h40, até pouco depois das 10h, apenas um projeto de lei e uma indicação foram feitos pelos parlamentares.

 

Estiveram na sessão os deputados Lídio Lopes, Eduardo Rocha (PMDB), Laerte Tetila (PT), Cabo Almi (PT), Mara Caseiro (PT do B), Osvane Ramos (PT do B), Lauro Davi (PSB), Marquinhos Trad (PMDB), Jerson Domingos (PMDB), Márcio Fernandes (PT do B), Rinaldo (PSDB), Onevan de Matos (PSDB) e George Takimoto (PSL). Paulo Correa estaria na Casa, mas não compareceu a sessão.

 

Pedro Kemp fez uma indicação pedindo mais vagas para o concurso aberto pela Agepen de agentes penitenciários. “O sindicato nos informou que as vagas abertas, que seriam 200, preenchem apenas 40% do efetivo que falta em todo o Estado”, reclamou.

 

Além dele, Larte Tetila apresentou um projeto de lei que prevê intérpretes indígenas em ações judiciais para que os índios possam acompanhar a situação dos processos em disputas por terras em Mato Grosso do Sul.