Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 30 de Novembro de 2021

Política

Dilma diz ser contra PEC que tira da União poder de demarcar terras indígenas

Segundo o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB), os trabalhos da comissão só vão começar depois de uma "ampla negociação" entre os setores envolvidos.

Folha.com

02 de Outubro de 2013 - 09:26

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (1º) em sua conta no Twitter que é contra a PEC (proposta de emenda constitucional) que transfere da União para o Legislativo o poder de demarcar terras indígenas.

A fala foi depois de um dia inteiro de protestos em Brasília. Os atos, convocados por índios, indigenistas, ambientalistas e entidades ligadas aos direitos indígenas tiveram como tema a "defesa da Constituição", que completa 25 anos de promulgação no próximo dia 5.

O artigo 231 diz que "são reconhecidos aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições, e os direitos originários sobre as terras que tradicionalmente ocupam, competindo à União demarcá-las, proteger e fazer respeitar todos os seus bens".

"Meu governo é contra a PEC 215, q retira da União direito de demarcar as terras indígenas. Orientei a base do governo a votar contra a PEC", disse Dilma. Mais cedo, o comando da Câmara recuou e decidiu segurar a instalação de uma comissão criada para discutir a PEC.

Segundo o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB), os trabalhos da comissão só vão começar depois de uma "ampla negociação" entre os setores envolvidos.