Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 1 de Março de 2021

Política

Em Mato Grosso do Sul, programa eleitoral para o governo retorna sábado

Sobre as regras de propaganda e procedimentos eleitorais, o corregedor reiterou que continuarão as mesmas regras do primeiro turno

Campo Grande News

09 de Outubro de 2014 - 16:47

A propaganda eleitoral para o governo estadual retorna neste sábado (11), e agora vai acontecer todos os dias, inclusive nos domingos, neste segundo turno das eleições em Mato Grosso do Sul. Os candidatos Reinaldo Azambuja (PSDB) e Delcídio do Amaral (PT) terão cada um dez minutos de programa.

O vice-presidente do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) e corregedor eleitoral, o desembargador João Maria Lós, se reuniu nesta quinta-feira (09), na presidência da instituição, para repassar as informações e esclarecer dúvidas aos representantes das duas coligações que disputam o segundo turno.

Ele ponderou que apesar de existir apenas dois candidatos e por esta razão a disputa ficar mais acirrada, espera que os partidos mantenham o "bom nível" da campanha, que existiu até o momento. "Existe naturalmente no 2° turno um acirramento dos ânimos, já que estamos na etapa decisiva, mas que os debates acontecem em alto nível, foi um pedido que fiz a eles", revelou o desembargador.

Sobre as regras de propaganda e procedimentos eleitorais, o corregedor reiterou que continuarão as mesmas do primeiro turno, inclusive a questão das publicidades até a véspera de campanha e a lei seca que continuará das 03h da madrugada de domingo (26), até às 17h, quando se termina a eleição.

"Para não ficar dúvidas sobre o tema, a lei seca diz que não se pode vender e consumir bebidas alcoólicas no local, mas pode comprar e levar para casa, tanto que no 1° turno os supermercados nos questionaram sobre o fato e nós esclarecemos".

Propaganda

Nesta quinta começa a propaganda para presidência da República em todo país, com a participação dos candidatos Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), tendo cada um dez minutos de duração. Quando começar os programas para o governo estadual, no próximo sábado, o horário eleitoral terá todos os dias a duração de 40 minutos, sendo 10 minutos para cada candidato a presidência, assim como ao governo estadual.