Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Política

Governador diz que em Brasília é preciso persistir para conseguir recursos

O chefe do Executivo aproveitou a viagem para pleitear mais investimentos ao Estado. Somente o MS Forte 2 trará R$ 3,6 bilhões em recursos para Mato Grosso do Sul.

Campo Grande News

23 de Agosto de 2013 - 13:39

Há quase duas décadas na ponte aérea Campo Grande/Brasília, o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), ainda tem que “suar a camisa” quando vai à Capital Federal em busca de recursos.

Na manhã desta sexta-feira, durante agenda pública, o peemedebista contou que esta semana esteve nos Ministérios para certificar que recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), bem como do MS Forte, que lançou no dia 16 de agosto, se mantenham.

“Em Brasília eu já entendi que é preciso persistir”, contou. O chefe do Executivo aproveitou a viagem para pleitear mais investimentos ao Estado. Somente o MS Forte 2 trará R$ 3,6 bilhões em recursos para Mato Grosso do Sul.

Numa de suas visitas a ministérios, Puccinelli esteve com Paulo Bernardo, titular da pasta das Comunicações, a quem pediu a inclusão de Paranaíba e Corumbá na programação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) . Estava acompanhado do deputado federal Vander Loubet (PT) e do prefeito de Paranaíba, Diogo Tita (PPS).