Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 25 de Janeiro de 2021

Política

Ilson Barbosa diz em convenção que Acelino está pronto para governar Sidrolândia

"Ilsinho" vai compor o arco de aliança, de lideranças e partidos que irão apoiar a candidatura do empresário Acelino Cristaldo (PMDB).

Marcos Tomé/Região News

14 de Janeiro de 2013 - 07:44

O ex-vice-prefeito Ilson Barbosa “Ilsinho”, do Partido Socialista Brasileiro (PSB) que disputou e perdeu as eleições de outubro do ano passado em Sidrolândia, vai compor o arco de aliança, de lideranças e partidos que irão apoiar a candidatura do empresário Acelino Cristaldo (PMDB).

Durante a realização da convenção do partido na manhã deste domingo (13/01), num discurso enternecedor que pôs fim as divergências entre “Ilsinho” e Acelino, um momento que talvez, fosse o mais esperado dos últimos meses por ambos, desde que se iniciou o processo eleitoral em julho do ano passado; o afago de dois grandes amigos, que viveram em palanques opostos durante a eleição.

Ilson Barbosa, que em sua carreira política sempre teve o apoio incondicional do empresário, lembrou-se do laço familiar que os une, além do companheirismo, da amizade e cumplicidade que há entre os dois. “Ilsinho” se elegeu vereador em 2004, depois em 2008, foi eleito vice-prefeito na chapa encabeçada por Daltro Fiuza e no ano passado, tentou chegar ao poder lançando-se candidato a prefeito, na contramão do projeto encabeçado pelo PMDB.

“Todos têm o direito de sonhar. Sonhei com uma Sidrolândia onde todos nós pudéssemos viver em harmonia, com dignidade, tranquilidade e acima de tudo, que o poder público pudesse tratar das pessoas com fraternidade. Não foi possível implantar esta metodologia através de nosso projeto socialista, más, vejo em Acelino, esta luz de esperança”, comentou.

Ilson Barbosa ficou em terceiro lugar na disputa pela prefeitura do município num cenário com quatro candidatos. Ele obteve 547 votos, 2.32% da votação válida, já o peemedebista Acelino Cristaldo cravou 46.19% dos votos (10.911). Cristaldo perdeu a eleição para o ex-prefeito Enelvo Felini (PSDB) por uma diferença de 4.06% dos votos válidos.

O tucano obteve 11.870 votos, más, acabou sendo cassado pelo TSE por não ter aplicado o mínimo exigido em lei dos recursos do FUNDEF em 2003, penúltimo ano de seu segundo mandato frente à administração pública de Sidrolândia. Valdir de Oliveira do Psol fez 295 votos (1.25%).

Foto: Paula Lucia/Região News

Lideranças de partidos convencionais 

PSB

O ex-vice-prefeito, principal figura política do PSB no município, diz que vai resgatar o “tempo perdido” se empenhando na campanha de Acelino, pré-candidato a prefeito pelo PMDB, que já é consenso do partido para disputar as eleições suplementares do dia 3 de março.

“A decisão de caminhar com Acelino não é um ato isolado, más sim, de todo o grupo que partilha da mesma ideologia política que a nossa”, afirma. Além do PSB, outros três partidos fizeram suas convenções e definiram por aliança com o PMDB. Partidos como PR, PSC e PSD continuarão no grupo da base de apoio a candidatura de Acelino Cristaldo.