Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 28 de Janeiro de 2021

Política

João-bobos de candidatos "desaparecem" dos canteiros centrais de Dourados

O brinquedo infantil utilizado em festas de crianças vinha sendo colocado de fora a fora dos dois lados do canteiro central

Dourados Agora

18 de Setembro de 2014 - 16:00

Os 'joão-bobos' de candidatos que invadiram os canteiros centrais de Dourados semana passada 'desapareceram'. Desde segunda-feira não se vê nenhum boneco na rua. Somente os velhos cavaletes sempre utilizados em campanhas eleitorais permanecem, porém, cada vez em maior número.

O brinquedo infantil utilizado em festas de crianças vinha sendo colocado de fora a fora dos dois lados do canteiro central, praticamente encobrindo os cavaletes que ficavam ao meio, provocando a fúria de muitos candidatos.

Segundo a chefe do Cartório da 43ª Zona Eleitoral em Dourados, Milka Pereira, os bonecos são autorizados pela Justiça Eleitoral como objetos de propaganda eleitoral e não ocorreu nenhum tipo de irregularidade ou denúncia em Dourados.

Denúncia

Desde que começou as campanhas eleitorais foram realizadas 16 denúncias em Dourados contra candidatos. 15 cavaletes foram apreendidos por irregularidades.

Em todo o estado, as denúncias já chegam a 224, com destaque para Campo Grande, onde ocorreu 148 denúncias. Assim como Dourados, Corumbá tem 16 denúncias; Sidrolândia, 9; Três Lagoas, 7; Nova Andradina, 4; Fátima do Sul, 3, Aquidauana, Bonito, Ponta Porã e Anastácio, 2; e outras onze cidades receberam 1 denúncia, cada. Todas elas são apuradas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS).

Propaganda eleitoral por mensagem eletrônica lidera a estatística de denúncias, com 55, seguido de propagandas por meio de cavaletes e bonecos, com 49. Por compra de voto já foram registradas 34 queixas.

Denúncias eleitorais podem ser feitas no site do TRE/MS confira aqui