Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 20 de Outubro de 2020

Política

Para não contrariar família, Tereza desiste de vaga na Assembleia

Tereza faz parte do partido presidido pelo empresário, dono do Correio do Estado e candidato a senador Antônio João Hugo Rodrigues

Campo Grande News

15 de Julho de 2014 - 14:00

A ex-vereadora Tereza Domingos Name (PSD) desistiu de disputar um mandato de deputada estadual nas eleições deste ano. Cotada para a vaga do irmão, o presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), ela recuou para não contrariar a família, que apóia o candidato a governador Delcídio do Amaral (PT).

Segundo Jerson, ela desistiu para não contrariar o cunhado, o primeiro suplente de senador e empresário, Pedro Chaves dos Santos (PSC), que pode assumir a vaga caso Delcídio seja eleito governador.

Tereza faz parte do partido presidido pelo empresário, dono do Correio do Estado e candidato a senador Antônio João Hugo Rodrigues. O partido fechou com Reinaldo Azambuja (PSDB) para o Governo.

Jerson Domingos também apóia Delcídio por questões familiares. Ele cogita se licenciar do PMDB, que lançou Nelson Trad Filho para disputar a sucessão do governador André Puccinelli.

Ontem à noite, após tomar a decisão, Tereza Name postou no Facebook: “minha cabeça está explodindo. Vou rezar o terço. Boa noite com Deus no coração”. Desde ontem, o Campo Grande News tentou falar com a ex-vereadora, mas ela não atendeu às ligações no telefone celular.

A primeira candidata a deputada estadual a desistir por questões familiares foi Dione Hashioka (PSDB). Para não contrariar o marido, o prefeito de Nova Andradina, Roberto Hashioka (PMDB), ela desistiu de disputar a reeleição.

Ele apóia o candidato do PT. Dione afirmou, na manhã de hoje, que não vai apoiar ninguém nas eleições deste ano.