Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 4 de Março de 2024

Política

Pelo menos 500 fisioterapeutas estão em situação irregular em MS

O conselho está fazendo uma varredura nas LTT (Licenças Temporárias de Trabalho) vencidas em Mato Grosso do Sul.

Campo Grande News

14 de Fevereiro de 2013 - 10:23

Levantamento feito pelo Crefito-13 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional MS) aponta que entre 500 e mil fisioterapeutas atuam no Estado em situação irregular. O conselho está fazendo uma varredura nas LTT (Licenças Temporárias de Trabalho) vencidas em Mato Grosso do Sul.

Nesta situação, conforme o conselho, esses profissionais podem sofrer até sanções criminais. Uma facilidade oferecida pelo Conselho se transformou em um problema que, agora, está com os dias contados. Segundo o presidente da entidade, Carlos Alberto Eloy Tavares, as LTT’s existem para facilitar o ingresso dos fisioterapeutas recém-formados ao mercado de trabalho. No entanto, alguns abusam da benesse.

“Na maioria das profissões, o profissional tem até um ano para conseguir o diploma, devido a burocracia no Ministério da Educação. Na fisioterapia, quando o aluno se forma, ele pode, de posse do certificado de conclusão de curso, obter no Conselho uma licença temporária que tem prazo de um ano, renovável por mais um ano. Depois disso ele tem que regularizar sua situação, ou fica em exercício irregular da profissão”, explica o presidente do Crefito-13.

O conselho informa que o profissional que está nesta situação deve procurar imediatamente o Conselho (Avenida Noroeste, 699 - Tel.: 3321-4558 / 3321-4346), de posse do diploma de conclusão de curso original e uma cópia autenticada, com o objetivo de regularizar sua situação profissional.