Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 2 de Dezembro de 2021

Política

Puccinelli admite que pode fazer pesquisa para firmar aliança com PT

O governador também frisou que “na minha base o PDT continua” e que caberá ao ex-prefeito Nelsinho Trad fechar a aliança para o próximo ano.

Campo Grande News

27 de Setembro de 2013 - 09:23

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou, hoje, durante a inauguração do Pronto Atendimento (PAM) do Hospital Regional de Mato Groso do Sul Rosa Pedrossian, que pode firmar aliança com o PT visando as eleições de 2014. No entanto, para o acordo ser firmado, o PMDB irá realizar pesquisa de opinião pública.

“O que nos guiará é o povo”, argumentou Puccinelli. “Quando a noiva é bem vista tem que ser bem avaliada”, disse fazendo referência ao seu partido. Esta é a primeira vez que o peemedebista admite a possibilidade de uma parceria entre PMDB e PT, em torno da disputa eleitoral do ano que vem.

O PT tem como pré-candidato o senador Delcídio do Amaral, enquanto o PMDB lançou Nelson Trad Filho.

Quanto à candidatura ao senado, Puccinelli ressaltou que o nome deve ser definido nas convenções partidárias, com início previsto para junho de 2014. Ele também torce para que “uma moça de saia” seja a escolhida, fazendo referência à vice-governadora Simone Tebet (PMDB).

O governador também frisou que “na minha base o PDT continua” e que caberá ao ex-prefeito Nelsinho Trad fechar a aliança para o próximo ano. O diálogo para isso ocorre hoje, às 16h, na sede do PDT.