Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 1 de Dezembro de 2021

Política

Rede Sustentável registra diretório na Justiça Eleitoral de MS

O dirigente afirma ainda neste período mais 50 vereadores do Estado, inclusive da capital procuram a legenda para se filiar.

Assessoria

03 de Outubro de 2013 - 14:45

O Rede Sustentável, partido em criação pela ex-senadora e ambientalista, Marina Silva, registrou toda a documentação necessária para criação do Diretório Regional de Mato Grosso do Sul e Diretório Municipal de Campo Grande, no último dia 22 de julho. Compuseram a coordenação pela criação da agremiação no Estado a gerente comercial, Neide Herrero de Carvalho e o corretor de imóveis Eidson Ferreira Brito, indicados pela Comissão Provisória Nacional.

Por vez a Comissão Provisória de Mato Grosso do Sul designou a coordenação executiva que ficou composta pela advogada e professora universitária, Tatiana Ujacow e o advogado Osvaldo Pimenta de Abreu.  Na coordenação de finança os indicados foram o tanatolo, Ilmo Candido de Oliveira e o comerciário, Hamilton Martins, enquanto na coordenação de organização ficaram o analista de sistema, Alexandre César Pavon e o engenheiro civil Celso Fontes. São Vogais o engenheiro Aldo Alvarenga do Amaral e também engenheira civil Olga Maria Trefzger de Mello.

De acordo com o coordenador Executivo Oswaldo Pimenta de Abreu salientou que a adesão ao Rede Sustentável foi surpreendente. Foram certificados no TRE-MS cerca de quatro mil apoiadores.  O dirigente afirma ainda neste período mais 50 vereadores do Estado, inclusive da capital procuram a legenda para se filiar.

No entanto, as novas adesões dependerão da homologação do registro por parte do Tribunal Superior Eleitoral, que deverá se pronunciar sobre a legalidade da agremiação política nesta quinta-feira, dia 03 de outubro.