Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Janeiro de 2021

Política

Saída ou não de Giroto do governo é mistério; PR ainda aguarda comunicado

Hoje, contudo, ele despachou normalmente na Secretaria de Obras e mandou avisar à imprensa que só dele dar entrevistas na semana que vem.

Campo Grande News

05 de Abril de 2014 - 07:30

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Antônio Carlos Arroyo (PR) , informou que o seu partido ainda não foi comunicado oficialmente se o secretário estadual de Obras, Edson Girotto, vai ou não poder se desincompatibilizar para ser candidato nas eleições deste ano.

A expectativa era de que o governador André Puccinelli entrasse em contato com o presidente regional do PR, deputado estadual Londres Machado, para informar sua decisão sobre Giroto, o que não aconteceu até o final desta tarde. “Até agora o governador não se posicionou”, disse Arroyo.

Indagado se, apesar de a desincompatibilização não ter ocorrido nesta sexta-feira, Giroto ainda poderá deixar o governo para ser candidato nas eleições deste ano, Arroyo admitiu que ainda há essa chance, já que o prazo final acaba neste sábado (5). “Pode ser que o Giroto ainda saia do governo”, declarou.

Puccinelli chegou a dizer na última quinta-feira que gostaria que Giroto continuasse no governo para implementar as obras do programa MS Forte, lançado no final do ano passado com recursos que totalizam R$ 3,6 bilhões.

Já Giroto prefere deixar a administração para tentar a reeleição como deputado federal. Hoje, contudo, ele despachou normalmente na Secretaria de Obras e mandou avisar à imprensa que só dele dar entrevistas na semana que vem.