Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 8 de Março de 2021

Política

Sobraram apenas cacos de partidos para Delcídio do PT

O grande reforço de Azambuja na Capital, maior colégio eleitoral do Estado, foi o ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB) e o atual prefeito Gilmar Olarte

Correio do Estado

10 de Outubro de 2014 - 08:37

Com a migração de expressivas lideranças políticas para o palanque do candidato a governador Reinaldo Azambuja (PSDB), sobraram apenas cacos de partidos para o senador Delcídio do Amaral (PT). Ontem à tarde, o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), mobilizou lideranças evangélicas para apoiar Azambuja. Ele deve retirar ainda os principais cardeais do PP para ficar com Azambuja. Só o ex-prefeito Alcides Bernal deverá permanecer com Delcídio.

Outro caco de partido que sobrou para Delcídio foi o PDT. Apenas a cúpula, o presidente regional João Leite Schimidt e o deputado federal eleito Dagoberto Nogueira permanecerão na coligação. Os demais pedetistas estarão com Azambuja. O grande reforço de Azambuja na Capital, maior colégio eleitoral do Estado, foi o ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB) e o atual prefeito Gilmar Olarte.   


Sobraram apenas cacos de partidos para Delcídio do PT