Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Política

Vereador da base, Edno faz discurso de oposição para rejeitar nova setorização

Como se sabe o projeto não passou porque teve 6 votos, quando seriam necessários 7 votos favoráveis, por se tratar de um projeto de lei complementar.

Flávio Paes/Região News

02 de Dezembro de 2015 - 14:10

De forma surpreendente, foi um vereador da base do governo, que mobilizou comerciantes e fez um duro discurso contra a administração para defender a rejeição do projeto que redefinia a setorização da cidade para efeito de cálculo do IPTU.

Edno Ribas não economizou na retórica populista. Da tribuna, pintou para a população a gestão de Ari Basso como incompetente (“não pintou nem o meio-fio da João Márcio e da Dorvalino dos Santos”), não apoia quem gera empregos (por não ter repassado recursos para o comércio premiar o consumidor).

Edno conclamou seus colegas a rejeitarem o projeto. Chamou de “presente de grego para quem gera empregos” o projeto e garantiu que ninguém foi consultado na elaboração, muito embora tenha sido criada uma comissão de vereadores que esteve à disposição na Câmara para receber sugestões de qualquer segmento.

Como se sabe o projeto não passou porque teve 6 votos, quando seriam necessários 7 votos favoráveis, por se tratar de um projeto de lei complementar.