Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 2 de Dezembro de 2021

Sidrolândia

Com apagão, criança de 4 anos depende de gerador para continuar vivendo e família precisa de diesel

Desde sexta-feira foram gastos 50 litros, parte que o próprio Wilson comprou e o restante obteve com o cacique.

Redação/Região News

18 de Outubro de 2021 - 13:55

Com apagão, criança de 4 anos depende de gerador para continuar vivendo e família precisa de diesel
Kelvyn Marcelino de Freitas, garoto de 4 anos. Foto: Arquivo Pessoal

Além de enfrentar os transtornos do apagão que há 4 dias deixa sem energia elétrica e água quase mil famílias das comunidades indígenas das aldeias Córrego do Meio e Lagoinha, para uma família em especial a situação é mais dramática.

Wilson e Ediene são os pais de Kelvyn Marcelino de Freitas, um garoto de 4 anos, que sofre de paralisia cerebral. Para continuar vivendo ele precisa de um respirador, um aspirador (ele tem traqueostomia) e um concentrador de oxigênio. São equipamentos conectados à rede elétrica que agora dependem de um gerador movido a óleo diesel que consomem 10 litros por dia.

Desde sexta-feira foram gastos 50 litros, parte que o próprio Wilson comprou e o restante obteve com o cacique. “Não tenho de onde tirar para compra mais diesel”, garante.

Na aldeia as famílias estão sem água e recorrer ao Córrego Buriti, que atravessa a comunidade está fora de questão, porque as águas são barrentas.