Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 5 de Julho de 2022

Sidrolândia

Em 2011, Tip Top recebeu incentivo fiscal anual de R$ 500 mil e não gerou nenhum emprego

Atualmente a Tip Top tem 140 franqueados, dois deles em Campo Grande.

Redação/Região News

22 de Junho de 2022 - 09:25

Em 2011, Tip Top recebeu incentivo fiscal anual de R$ 500 mil e não gerou nenhum emprego
Tip Top deve encerrar suas atividades na cidade em dezembro. Foto: Marcos Tomé/RN

Há 11 anos, a Tip Top, que deve encerrar suas atividades na cidade em dezembro, conseguiu arrancar da Prefeitura de Sidrolândia um incentivo fiscal anual de R$ 500 mil para uma empresa subsidiária, a Tip Top Franquias e Licenciamento que por 5 anos, até 2015, ficou isenta de ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) não gerou um único emprego porque era uma empresa virtual.

Na época a Tip Top, que também tinha fábrica na Capital, demitiu 28% dos seus funcionários, depois que trocou a produção nacional por importações da China. A renúncia fiscal equivalia 17,44% da arrecadação que a Prefeitura obteve em 2011 com este tributo, R$ 2,8 milhões. Ao longo de cinco anos o incentivo atingiu R$ 2,5 milhões.

O benefício fiscal em favor da Tip Top foi aprovado no final de 2010 e conforme a lei 1501/2010, era bem mais modesto, R$ 75 mil anuais, ou R$ 375 mil até 2015. Seis meses depois, no dia 27 de junho de 2012 ano passado, a renúncia fiscal passou a ser de R$ 500 mil por ano. Atualmente a Tip Top tem 140 franqueados, dois deles em Campo Grande.