Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 28 de Fevereiro de 2024

Sidrolandia

ACORDO: Associados de Pax terão 20% de desconto em corridas de taxi

Termo de Ajuste de Conduta” será assinado na próxima semana por taxistas e empresários

Marcos Tomé/Região News

08 de Junho de 2011 - 16:24

ACORDO: Associados de Pax terão 20% de desconto em corridas de taxi
Audi - Foto: Marcos Tom

Cerca de 25 taxistas reuniram-se com os empresários proprietários das empresas de Assistência Familiar, Pax Brasil Med e Bom Jesus juntamente com o Promotor de Justiça Humberto Lapa Ferri e vereadores: Waldemar Acosta, Drª. Rosangela Rodrigues e Luiz Cezar Assmann “Di Cezar” no plenário da câmara Municipal de Sidrolândia.

Na pauta, a discussão sobre a polêmica proibição do transporte de associados, antes realizados pelas Pax´s. Costa que no dia 29 de março, quatro taxistas denunciaram na Promotoria de Justiça que a Pax Bom Jesus e a Pax Brasil Med estavam atuando de forma irregular no transporte de passageiros, serviço outorgada aos taxistas que segundo eles; “estavam sendo prejudicados com tal concorrência irregular que deveria ser fiscalizada pelo município”.

Após saber da denuncia uma das Pax´s, a Brasil Med, parou de oferecer os serviços até segunda ordem da justiça. Um dos taxistas, Sr. Antônio Carlos da Silva, relatou que os prejuízos à classe já começam a afetar os compromissos assumidos com prestação de veiculo, abastecimento e manutenção.

Na prática, as empresas de Assistência Familiar realizavam o transporte de associados de forma irregular, sendo tal pratica proibida por lei por não haver licença para tal serviço. O agravante foi à justamente a suposta perde de receita por parte dos taxistas que viram sua “clientela” em debandada aos serviços de transporte que até então, estava sendo realizado pelas Pax´s.

Foto: Marcos Tomé/Região News

Pax

Audiência discute regulamentação de transporte com taxistas e empresários

ACORDO

Após ampla discussão sobre o assunto, taxistas e empresário chegaram a um consenso. Ficou acertado que o transporte de associados tanto da Pax Brasil Med como da Bom Jesus será feito por taxistas devidamente credenciado para o exercício da função e terá como contrapartida, 20% de desconto por locação.

No acordo ficou estipulado ainda que o valor médio da corrida no perímetro urbano da cidade varie entre R$ 8,00 e R$ 10,00, podendo chegar a R$ 15,00 em casos de atendimento fora de horário comercial, ou seja, período noturno e nos finais de semana. Esta tabela será aplicada com redução de 20% ora acordada.

Por exemplo, um associado da Pax Brasil Med que eventualmente solicitar os serviços de taxi, pagará R$ 6,40 (seis reais e quarenta centavos) numa corrida que custaria R$ 8,00. O cliente só terá direito ao desconto mediante a apresentação da carteira de associado a uma das empresas de Assistência Familiar do município.

Na próxima semana o Promotor de Justiça de Sidrolândia, Dr. Humberto Lapa Ferri vai elaborar o “Termo de Ajuste de Conduta” que deverá ser assinado pelos taxistas e empresários.