Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

Sidrolandia

Ademir fica no DEM e fecha porta para aliança com tucanos em Sidrolândia

Ademir defende a tese de que o candidato das forças políticas contrárias a Enelvo seja definido por meio de pesquisas quantitativas e qualitativas

Marcos Tomé e Flávio Paes

20 de Julho de 2011 - 13:00

Ademir fica no DEM e fecha porta para aliança com tucanos em Sidrolândia
Ademir Osiro fica no DEM e fecha porta para alian - Foto: Marcos Tom

Agora é definitivo: o ex-vereador Ademir Osiro, pré-candidato a prefeito, vai se manter no DEM. Na semana passada o partido elegeu seu diretório municipal, mantendo na presidência, Alcione Martins (chefe de gabinete do prefeito Daltro Fiúza) que comandava a Comissão Executiva da Provisória  dos Democratas.

“Recebi a garantia do deputado Zé Teixeira e do deputado federal Luiz Henrique Mandetta, presidente do diretório regional, que em Sidrolândia será respeitada a decisão partido que rejeita se aliar com o PSDB, aliado histórico do DEM em nível nacional”, lembra  Osiro. Ele chegou a avaliar a possibilidade de trocar o partido por outra legenda (PR, PMDB e até voltar ao PDT) alinhada politicamente com o governador André Puccinelli.

O temor de Ademir Osiro era de é que se mantendo no DEM “ficasse engessado” com uma resolução do diretório nacional dos Democratas, determinando que na eleição de 2012 o partido teria de se coligar com o PSDB, que em Sidrolândia é controlado pelo ex-prefeito  Enelvo Felini. 

Ademir defende a tese de que o candidato das forças políticas contrárias a Enelvo seja definido por meio de pesquisas quantitativas e qualitativas. “O candidato que tiver o apoio do Daltro terá plenas condições de vencer a disputa”, acredita.