Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 16 de Abril de 2024

Sidrolandia

Alunos Aprendizes do Senai de Deodápolis doam sangue

Faltam doadores que contribuem com esse gesto de amor e consciência, pois doar sangue salva vidas e qualquer um pode precisar um dia

MS Cidades

08 de Junho de 2011 - 07:51

Alunos Aprendizes do Senai de Deodápolis doam sangue
Alunos Aprendizes do Senai de Deod - Foto: MS Cidades

Os alunos do Curso de Mecânico de Manutenção de Máquinas Agrícolas/ Usina ETH aprendizagem industrial da Agência de Formação Profissional do SENAI em Deodápolis doaram sangue no Hemocentro de Dourados durante visita realizada na semana passada. Segundo o professor Luciano Alves, do Cetec SENAI Dourados, se as pessoas pararem para pensar, há muita gente precisando de doação de sangue em qualquer canto do Brasil, mas, infelizmente, não são todos que a recebem quando necessário por falta da conscientização da população.

Ele completa que as estatísticas revelam que apenas 1,5% da população brasileira doam sangue e, juntando todos os hospitais e clínicas que precisam realizar transfusões de sangue diariamente, mais de 5.500 litros são necessários por dia. “Faltam doadores que contribuem com esse gesto de amor e consciência, pois doar sangue salva vidas e qualquer um pode precisar um dia”, pontuou, ressaltando que, além de formar profissionais, o SENAI tem formado cidadãos.

Luciano Alves acrescenta que o SENAI procura sempre fazer esse tipo de ação solidária por considerar importante contribuir com todos que precisam. “A proposta de doação de sangue foi bacana, pois partiu dos próprios alunos, como estávamos visitando Dourados, decidimos passar no hemocentro para fazer essa boa ação”, disse, reforçando que as pessoas que doam sangue não estão apenas fazendo uma doação, mas sim, doando um pedacinho de vida que poderá salvar outra vida, “É o nosso papel como educadores incentivar esses atos de cidadania aos alunos”, garantiu.

O assistente administrativo da Agência de Formação Profissional do SENAI em Deodápolis, Ricardo Secchis, também destaca que a conscientização e a solidariedade faz parte da vida de cada um e é isso que eles também passam para os alunos. “Os nossos alunos estão de parabéns por aceitar esse convite feito pelo professor Luciano Alves e terem colaborado com esse belo gesto de solidariedade”, analisou.

“Para se tornarem ótimos profissionais é necessário também pensar no bem estar dos outros. Com isso, os alunos se dispuseram a doar sangue no Hemocentro de Dourados, tornando uma aula de cidadania e respeito ao próximo, que é o mais importante”, disse Cássia Regina Teixeira, supervisora pedagógica da Agência de Formação Profissional do SENAI em Deodápolis.