Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 13 de Agosto de 2022

Sidrolandia

Alvo de investigação, prefeito é afastado do cargo por 180 dias

O novo prefeito de Bela Vista, Douglas Rosa Gomes, pediu tempo para analisar a situação da cidade antes de dar qualquer declaração.

Fronteira News

18 de Agosto de 2015 - 16:06

Alvo de investigação do Ministério Público Estadual (MPE), o prefeito de Bela Vista, Renato Rosa (PSB), foi afastado do cargo por 180 dias, contados a partir dessa segunda-feira (17). O vice-prefeito, Douglas Rosa Gomes (PP), foi empossado em sessão extraordinária nesta terça-feira (18).

De acordo com o site, o titular da 1ª Promotoria de Justiça de Bela Vista, Alexandre Estuqui Júnior, expediu a recomendação relatando irregularidades apontadas em inquérito civil que investiga contratação de empresas pela prefeitura para fornecimento de material e outros serviços.

Na recomendação, o promotor apontou supostas fraudes, desvio de dinheiro público, improbidade administrativa e falta de pagamento de servidores públicos municipais. A Câmara recebeu a recomendação no dia 3 de agosto e instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as possíveis irregularidades na administração municipal.

Segundo o site, o presidente da Câmara, vereador Valdez Marques, disse que conforme as Constituições Federal e Estadual, assim que o Legislativo acata denúncia do MPE, o prefeito é afastado automaticamente por 180 dias.

O novo prefeito de Bela Vista, Douglas Rosa Gomes, pediu tempo para analisar a situação da cidade antes de dar qualquer declaração.