Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Sidrolandia

Associação não regulariza pagamento e deixa mais de 200 alunos sem transporte

Os universitários foram levados em um ônibus e dois micro-ônibus da Monte Sião, três vans da Oliveira e um ônibus antigo de uma empresa não identificada.

Flávio Paes/Região News

10 de Novembro de 2015 - 07:24

Pelo o menos 220 alunos tiveram de faltar aula nesta segunda-feira por volta de transporte coletivo. A associação que gerencia o serviço não regularizou o pagamento da Monte Sião,  nem conseguiu contratar outra empresa, o que gerou transtorno e tumulto na hora do embarque. Foi improvisada uma frota que conseguiu levar alguns alunos, sendo escolhidos apenas aqueles que teriam prova ou trabalhos. Os demais tiveram que voltar para casa.

Os universitários foram levados em um ônibus e dois micro-ônibus da Monte Sião, três vans da Oliveira e um ônibus antigo de uma empresa não identificada. A Monte Sião teria concordado em ceder estes veículos depois da Associação ter pago R$ 40 mil referente a dívida com o posto  de combustível que abastece sua frota. Durante o dia circularam informações desencontradas e só por volta das 16 horas chegou à confirmação de que a frota necessária para atender os acadêmicos (os sete ônibus, dois micros e uma van) não viria pois teria sido barrada pela fiscalização da Agepan, informação que posteriormente se revelou inverídica.

O problema do transporte universitário vem se arrastando há uma semana, quando a Monte Sião retirou seus ônibus por falta de pagamento. Esta alegada inadimplência causa estranheza porque a Prefeitura garante que já pagou a mensalidade de agosto, R$ 149 mil; pagou uma parcela de R$ 80 mil referente a setembro, devendo quitar o mês retrasado nesta semana. Considerando um total de 10 parcelas, o secretário de Finanças e Administração, Raul Savaris, garante que só há duas parcelas em aberto para fechar o ano, ou seja, o mês de outubro e o período corrente.