Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

Sidrolandia

Bancada do PMDB reage às críticas de Enelvo e diz que Daltro fez muito mais

Marcos Tomé e Flávio Paes/Região News

17 de Julho de 2011 - 20:57

Com base no balanço do desempenho da atual administração em seis anos e meio de Governo, a bancada do PMDB na Câmara de Sidrolândia reage às críticas do ex-prefeito Enelvo Felini  em que tenta desqualificar o trabalho do prefeito Daltro Fiúza.

“O pré-candidato do PSDB não está credenciado, a julgar pelos indicadores dos seus oito anos na gestão municipal,  para denegrir a imagem do Daltro, que  tem sua atuação aprovada pela população, conforme todas as pesquisas” avalia a líder do prefeito na Câmara, vereadora Rosangela Rodrigues.

“Desafio alguém a demonstrar em qual área da gestão,  na educação,  saúde, infraestrutura, habitação, o ex-prefeito apresenta melhores indicadores que os do atual prefeito”, avalia.

RosangelaA ex-presidente da Câmara cita como exemplo emblemático da disparidade de desempenho entre as duas gestões, o setor de habitação. “Esta é uma área onde tenho uma atuação forte, participo do Conselho Estadual das Cidades, por conta do nosso relacionamento político com o deputado e secretário estadual de Habitação, Carlos Marun”, relata.

Drª. Rosangela enfatiza que nos oitos anos em que administrou Sidrolândia, o pré-candidato do PSDB entregou pouco mais de 300 casas populares. O atual prefeito já atingiu a marca de 900 moradias e tem recursos assegurados para chegar até o final de 2012 com  1.100 casas populares construídas. 

Funcionária concursada da prefeitura, a vereadora diz que assim como seus colegas com mais de oito anos de serviço público, tem na memória a forma  como o ex-prefeito tratava  os servidores. “Havia uma política de arrocho salarial que o atual prefeito eliminou, concede de forma responsável, reajustes salariais anuais que gradativamente estão recuperando o poder de compra do funcionário”, desabafa.

“Só nos últimos dois anos, a prefeitura concedeu um reajuste linear acumulado de quase 18%. Implantou o plano de cargos, carreiras e salários dos professores  e iniciou estudos para  o PCC do restante dos servidores. Os funcionários passaram a ter a opção de receber o atendimento do  mesmo plano de saúde dos servidores estaduais, a Cassems. A prefeitura custeia metade da contribuição”, finaliza.

TadeuO vereador Professor Tadeu se lembrou de algumas conquistas na área da educação. “Na gestão do Daltro viabilizamos um sonho, que era o da construção de um novo prédio para a Escola Sidrônio Antunes de Andrade”, lembra. “Na zona rural estão sendo construídas escolas nos assentamentos Jibóia, Barra Nova e Eldorado. A educação infantil foi ampliada com a construção de novos centros de educação como o do Pé de Cedro e mais recentemente no Cascatinha que foram investidos mais de R$ 1 milhão.  O transporte escolar foi reforçado com a compra de cinco ônibus. A prefeitura vai comprar 4 mil notebooks que serão usados pelos alunos  em sala de aula nas escolas municipais. Não podemos esquecer da vinda da unidade do Senai, que ajuda na formação da mão de obra para indústria”, enfatiza.

Como integrante da comissão que monitora o programa, o pemedebista destaca a importância do Bolsa Universitária,  por meio do qual,  649 jovens estão tendo a oportunidade de cursar o ensino superior, pagando só 35% do valor da mensalidade. A prefeitura subsidia 35% e a instituição conveniada dá um desconto de 15%.

“Na gestão anterior o estudante além da mensalidade, pagava 50% do custo do transporte até Campo Grande. Hoje o ônibus é gratuito, com linhas para a Capital e Maracaju. O serviço também é oferecido para quem mora nos assentamentos”, complementa.   

JonasO vereador Jonas Rodrigues lembra os investimentos na área de infraestrutura e atendimento ao produtor rural, além da conclusão do asfalto até Quebra Coco, obra parada há mais de 15 anos.  Na cidade, lembra Jonas, Daltro já entregou 25 quilômetros de asfalto e resolveu o problema crônico dos alagamentos na região do Bairro Pé Cedro com a drenagem na Rua Ponta Porã (e em suas transversais).

“Ainda no mês de agosto a população passará a desfrutar de uma grande área de lazer, o parque Vale do Vacaria que está quase pronto”, destaca o vereador que não fez questão de mencionar o apoio ao pequeno produtor, especialmente os dos 24 assentamentos.

JurandirO vereador Jurandir Cândido, que é médico, destaca os investimentos.  A rede básica foi ampliada com a construção de oito postos de saúde da família (até 2004 só havia cinco), o Assentamento  Capão Bonito II ganhou a Unidade Básica de Saúde Mirian Duderstadt Moraes. A área urbana ganhou o centro de especialidades médicos e posto de saúde 24 horas.

Pelo visto, o período pré-campanha já começou. De um lado o ex-prefeito no anseio de retomar o poder, de outro, membros da aliança politica que deu ao atual prefeito sustentabilidade do quarto mandado, articulando para se manter na chefia do executivo municipal. Façam suas apostas, pois foi dada a largada em busca da conquista do eleitorado sidrolandense.