Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 13 de Junho de 2024

Sidrolandia

Casa da mãe de vereador indígena é queimada

Acho que tem muita gente que tem inveja da gente porque me elegi vereador e porque estou na faculdade (de ciências sociais)

Midiamax

02 de Agosto de 2010 - 11:00

Uma pessoa ainda não identificada ateou fogo ontem, por volta das 18h30, na casa da mãe do vereador de Caarapó, Otoniel Ricardo (PT). Patrícia Acosta Fernandes, 60 anos, estava sentada na frente da residência, quando percebeu labaredas nos fundos do imóvel.

Segundo Otoniel, a mãe já havia revelado que tinha percebido movimentação de pessoas estranhas, que pareciam estar rondando a casa, que fica na aldeia Tey Kuê Caarapó, a 12km do centro da cidade.

O vereador revelou ao Midiamax que quando se candidatou no último pleito chegou a receber ameaças explícitas de membros da própria aldeia, que concentra aproximadamente seis mil indígenas.

Acho que tem muita gente que tem inveja da gente porque me elegi vereador e porque estou na faculdade (de ciências sociais). “Além disso, não descarto motivação política”, revela.

No terreno de dona Patrícia havia três casas, sendo que a de sape ficou totalmente destruída, bem como móveis, alimentos e roupas. Outra casinha de madeira ficou parcialmente queimada. Duas crianças adotadas por ela, de oito e seis anos, estão sem o que vestir. Desde o começo da manhã de hoje chove bastante na aldeia, o que pode atrapalhar na caracterização do local do crime.