Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Sidrolandia

CASCATINHA: Após forte chuva moradores ficam ilhados na Diogo Cunha

Marcos Tomé/Região News

12 de Abril de 2011 - 19:53

CASCATINHA: Após forte chuva moradores ficam ilhados na Diogo Cunha
C - Foto: Marcos Tom

Diante da polêmica entorno das obras de pavimentação asfáltica no Bairro Jardim Cascatinha II, o vereador e primeiro secretário da Câmara Municipal, Waldemar Acosta (PDT) encaminhou ofício endereçado ao gabinete do Prefeito Daltro Fiúza (PMDB) solicitando informações do chefe do executivo sobre o andamento das obras.

O vereador pede que seja esclarecida a comunidade da referida localidade sobre possível paralisação de obras. No projeto de execução, está programada a pavimentação de 7.075,07 metros/> de quadrados de pavimento, custeado com R$ 196,4 mil obtidos junto ao Ministério das Cidades e R$  41.688,86, de contrapartida do município.

As obras de asfalto foram realizadas apenas na Diogo Falkember Stefanello e parte da Rua Drº. Nélio Saraiva Paim, as demais ruas que previa o projeto estão paralisadas causando revolta e indignação devido aos transtornos causados por conta da empresa contratada ter aberto a Rua Digo Cunha para realização de terra planejam deixado as  calçadas acima do nível da via, impedindo o acesso dos carros às garagens. 

O vereador relatou ainda que em período de chuvas, o atoleiro torna a via intransitável. “Sabemos que o sonho daquele que ainda não possui em frente a sua residência o pavimento é de contar com o beneficio, porém, não podemos cruzar os braços diante de um problema que a meu ver, é gravíssimo”, comentou.

Foto: Marcos Tomé/Região News

Waldemar Acosta

Waldemar Acosta durante pronunciamento na Câmara

Acosta relembrou o problema que enfrentaram os moradores da Rua Ponta Porã que amargaram meses de transtorno com problema semelhante o que poderá ocorrer no Bairro Cascatinha. “Vamos nos unir e cobrar dos responsáveis medidas emergências para sanar o problema” finaliza.