Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

Sidrolandia

Cassems propõe aumento do valor da consulta para R$ 15, a partir de agosto

A proposta de aumento vai ser votado na próxima quarta, em reunião da comissão que reúne representantes dos servidores e da direção do plano.

Campo Grande News

02 de Julho de 2011 - 09:34

Os segurados da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul) deverão pagar, a partir de agosto, R$ 15 por uma consulta, valor que significa 114% de aumento em relação ao atual, de R$ 7.

A proposta de aumento vai ser votado na próxima quarta, em reunião da comissão que reúne representantes dos servidores e da direção do plano.

Segundo o presidente da Cassems, Ricardo Ayashi. há sete anos o valor do fator moderador não muda.

De acordo com ele, com esse aumento, a Cassems pretende iniciar negociações para atender às reivindicações dos profissionais de saúde para melhorar a remuneração, e cessar as ameaças de paralisação.

O fator moderador é a parte paga pelo segurado que vai direto para os médicos, dentistas e outros profissionais. Além desse montante, a Cassems paga, hoje, outros R$ 33, totalizando R$ 40 pagos hoje por consulta.

Com aumento do fator moderador, o valor pago por consulta vai aumentar automaticamente para RF$ 48, informou Ricardo Ayashi. A intenção, segundo ele, é, dentro de 5 meses, atingir o valor de R$ 50,00 por consulta para os médicos, mas sem novo acréscimo no valor pago pelos segurados.

A Cassems espera ter um aumento de R$ 800 mil na arrecadação mensal com a ampliação de 3% para 3,5% do percentual da folha de pagamento destinado ao plano pelo governo do Estado.

A lei prevendo a mudança no percentual foi sancionada esta semana e estipula, ainda, o aumento gradual da contribuição até chegar a 4,5%.

A Cassems atende a mais de 160 mil pessoas, entre servidores públicos estaduais da ativa, aposentados, pensionistas e agregados.