Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Sidrolandia

Cerco se fecha para o goleiro Bruno

A polícia encontrou fraldas, roupas de bebê e femininas, além de uma passagem aérea com nome ilegível no interior da casa.

Lancepress

07 de Julho de 2010 - 11:03

A situação do goleiro Bruno se complicou após os episódios ocorridos nesta segunda-feira em Minas Gerais. Policiais e agentes da Divisão de Homicídios de Contagem (DHC) realizaram buscas no condomínio residencial Turmalina, em Esmeraldas, para tentar encontrar o corpo de Eliza Samudio, de 25 anos, ex-namorada e que diz ter um filho com o goleiro do Flamengo. Segundo uma denúncia anônima, ela teria sido espancada e morta por Bruno e mais dois homens há três sema-nas. Os agentes também receberam uma denúncia de que o corpo da estudante estaria enterrado dentro da propriedade do goleiro e chegou a ser especulado que o corpo teria sido encontrado dentro de uma cisterna no terreno, fato negado pela polícia. O jogador é esperado nesta terça-feira em Contagem para prestar depoimento.

A polícia encontrou fraldas, roupas de bebê e femininas, além de uma passagem aérea com nome ilegível no interior da casa. A movimentação no local aumentou no fim da noite e mais viaturas chegaram para averiguar as partes interna e externa da propriedade. Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE permaneceram até o fim da noite no local recolhendo materiais para a perícia. Imagens das câmeras do condomínio também estão sendo analisadas pelos responsáveis sobre a investigação.

O LANCENET! apurou que um mandato de prisão preventiva pode ser emitido a qualquer momento para o goleiro Bruno, o amigo Macarrão, e um homem conhecido como Jorge. O atleta foi procurado na noite desta segunda por pessoas próximas e não retornou às ligações em seu telefone celular. Também não teria sido encontrado em sua residência.