Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Cheques sem fundo crescem no Brasil MS mantém média

Apesar da alta do índice, a pesquisa ainda aponta que a tendência nos próximos meses é a de que este porcentual abaixe

Dourados News

18 de Abril de 2011 - 15:40

A inadimplência com cheques sem fundo cresceu no Brasil, em março porcentual ficou em 2,13% de cheques devolvidos. É o que aponta a última pesquisa realizada pelo Serasa Experian Apesar do aumento neste índice nacional, Mato Grosso do Sul manteve boa estabilidade na pesquisa, o índice de cheques devolvidos ficou em 1,77%.

Na lista dos 27 estados, Mato Grosso do Sul fica na posição de número 22. São Paulo fica como o estado que menos teve cheques sem fundo no país e Roraima o que mais teve, com 10,88%.

Apesar da alta do índice, a pesquisa ainda aponta que a tendência nos próximos meses é a de que este porcentual abaixe. “A inadimplência com cheques cresceu em março em razão da sazonalidade e dos eventos econômicos. O terceiro mês do ano é caracterizado por fortes pressões sobre o orçamento familiar, provocadas por despesas como pagamento de parcelas do IPVA, do material escolar e os gastos com férias e carnaval. Além disso, em 2011 estão pesando os fatores conjunturais, como o aumento da inflação, que reduz o poder aquisitivo do consumidor”, aponta a análise da pesquisa.