Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 27 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Chilenos ficam impressionados com estrutura do Senai de Corumbá

A delegação do Estado de Atacama conheceu os laboratórios e as salas de aula da unidade

Daniel Pedra

22 de Março de 2011 - 10:55

Chilenos ficam impressionados com estrutura do Senai de Corumbá
Chilenos ficam impressionados com estrutura do Senai de Corumb - Foto: Daniel Pedra

A delegação do Governo de Atacama, no Chile, ficou impressionada com a estrutura e o modelo de qualificação do CetecSenai Corumbá durante visita realizada na tarde de ontem (21/03). O grupo, liderado pela governadora Ximena Matas Quilodrán, está no Estado negociando uma parceria de capacitação de mão-de-obra para atender a demanda da região chilena nas áreas de mineração e energia renovável.

 

Segundo o gerente do CetecSenai Corumbá, Marcos Costa, os chilenos conheceram toda a estrutura da unidade, incluindo o novo bloco que abriga 12 salas de aulas que estão sendo utilizadas pelos cursos de qualificação e técnico nas áreas de mecânica, química, mineração, eletrotécnica e segurança do trabalho. “Eles gostaram muito do que viram, mas ficaram impressionados mesmo com o modelo de qualificação adotado pelo Senai de atuar junto com a indústria”, disse.

 

Ele explica que tudo que a unidade do Senai desenvolve tem o suporte das empresas instaladas no município, desde a demanda por cursos até a indicação de parte dos alunos. Para a governadora Ximena Quilodrán, a intenção é conhecer a expertise do Senai na área de qualificação de mão-de-obra para que possamos aplicar em Atacama. “Esse modelo de atuação em conjunto com as indústrias e a metodologia adotada pelo Senai é muito interessante”, analisou ao fim da visita ao Senai e início da visita ao Sesi de Corumbá, onde conheceu a infra-estrutura da unidade.

 

Parceria

 

Durante reunião no 6º andar do Edifício Casa da Indústria na manhã de ontem, o Sistema Fiems e o Governo de Atacama iniciaram as negociações para firmar uma parceria de qualificação de mão-de-obra para atender a demanda da região chilena nas áreas de mineração e energia renovável. O diretor-corporativo da Fiems e diretor-regional do Senai, Jaime Verruck, explicou que nos próximos anos o Estado de Atacama vai receber quase US$ 20 bilhões em investimentos em mineração e produção de energia renovável e necessita de profissionais capacitados para atender as empresas que vão operar nessas duas áreas de atuação na região.

 

Segundo Jaime Verruck, a ampliação da questão comercial de Mato Grosso do Sul com Atacama esbarra na necessidade por mão-de-obra qualificada por parte dos chilenos. “Na reunião de hoje, iniciamos com a governadora Ximena Matas Quilodrán a negociação para que o Senai possa atuar na formação de profissionais nas áreas de mineração, energia renovável e de saúde e segurança do trabalho. Estamos otimistas na consolidação dessa parceria com a região de Atacama”, disse, completando que o encontro com representantes dos segmentos de açúcar e álcool, alimentos, metalmecânica, construção civil, vestuário e turismo também serviu para abrir uma possibilidade para as empresas do Estado irem ao Chile participar dos projetos de expansão.

 

Já a governadora Ximena Quilodrán reforçou que Mato Grosso do Sul tem qualidades bastante significativas do ponto de vista do interesse de desenvolvimento da região de Atacama. “Está sendo muito importante ter contato com Mato Grosso do Sul porque temos importantes possibilidades de negócio”, avaliou, destacando que existem tratados de livre comércio entre os dois países que permitiriam exportações em condições favoráveis. “Entre 2011 e 2014, a nossa região receberá investimentos da ordem de US$ 17,3 bilhões”, detalhou, informando que nesta terça-feira (22/03) conhecerá a Vale Mineração em Corumbá e, na quarta-feira (22/03), irá até Dourados conhecer a Usina de Açúcar e Álcool Monte Verde.