Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Sidrolandia

CMDCA capta R$ 202 mil para projetos, nenhuma doação de Sidrolândia

Houve a captação de R$ 42 mil doados por familiares de um dos coordenadores do projeto social do Banco Santander.

Flávio Paes/Região News

23 de Novembro de 2015 - 14:00

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Sidrolândia conseguiu captar mais R$ 202 mil para investir em projetos desenvolvidos por entidades que trabalham com crianças e adolescentes carentes.

A captação tem como base a lei federal 12.594, que permite contribuintes do Imposto de Renda destinar 6% do Imposto devido (se pessoa física) ou 1% (pessoa jurídica) para projetos sociais. Embora Sidrolândia tenha a quinta ou sexta maior economia do Estado e ter em seu território a maior exportadora de carne e frango de Mato Grosso do Sul (a Seara/JBS) , nenhuma empresa ou produtor da cidade se sensibilizou com a campanha do CMDCA  para fazer qualquer doação que não lhes custaria nada.

Houve a captação de R$ 42 mil doados por familiares de um dos coordenadores do projeto social do Banco Santander, que em 2013 destinou R$ 361 mil para financiar um projeto que está atendendo 21 adolescentes que estão cumprindo medidas socioeducativas.

O CMDCA aprovou a destinação dos R$ 42 mil para as três únicas entidades habilitadas, porque estão regulares junto a Receita Federal: Apascentar, APAE e Filhos de Judá. O Santander assegurou a doação de mais R$ 160 mil para dar continuidade em 2016 ao projeto com os jovens que cumprem medidas socioeducativas com a oferta de cursos de iniciação profissional.