Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Junho de 2024

Sidrolandia

Coligação de Zeca do PT elegeria dois senadores, diz pesquisa Ibrape

Delcídio do Amaral aparece com 49% das intenções de voto. Dagoberto Nogueira conta com a preferência de 41% do eleitorado

Midiamax

24 de Julho de 2010 - 12:00

Se as eleições fossem hoje, a coligação “A Força do Povo” encabeçada pelo ex-governador Zeca do PT elegeria seus dois candidatos ao Senado: o atual senador Delcídio do Amaral (PT) e o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). A constatação é de pesquisa Ibrape divulgada hoje pelo Jornal Correio do Estado. Os candidatos da coligação do governador André Puccinelli (PMDB) “Amor, Trabalho e Fé” o vice-governador Murilo Zauith (DEM) e o deputado federal Waldemir Moka (PMDB) aparecem bem atrás na preferência do eleitorado. />

Delcídio do Amaral aparece com 49% das intenções de voto. Dagoberto Nogueira conta com a preferência de 41% do eleitorado. Como se vê, a diferença entre os dois candidatos está caindo. Em abril, a diferença entre os dois era de 31%. Pela pesquisa, Moka tem 23% e Murilo 24%, ou seja, pontuação com a qual não se elegeriam hoje senadores.

O levantamento aponta que entre os quatro nomes Dagoberto e Murilo têm crescido enquanto que Delcídio e Moka têm caído na preferência do eleitorado.

Em abril, o senador petista tinha 61% do eleitorado a seu favor, mesmo período em que Dagoberto tinha 30%. Do lado governista, a pesquisa mostra que o vice-governador passou de 18% para 24%, enquanto Moka caiu de 26% para 23%.

Na pesquisa realizada no mês de abril, o senador Valter Pereira (PMDB) era apresentado como candidato. Na ocasião, ele tinha 10% das intenções de voto.

Dagoberto é destaque no quadro comparativo do Ibrape. Em agosto de 2009, ele tinha 12% das intenções de voto. Passou para 23% em outubro do mesmo ano. Saltou para 30 % em abril e agora tem 41%, apenas oito pontos atrás do líder Delcídio. O deputado pedetista foi entre os quatro nomes o que mais cresceu nas intenções de voto.

O candidato do PSOL, partido que disputa as eleições isolado sem parceria com outras siglas, Jorge Batista recebeu 2% de citações pelos entrevistados. />

Regiões

No levantamento feito por regiões, Delcídio sairia vencedor em seis das oito regiões do Estado, são elas Pantanal, com 74% das intenções de voto, Norte (46%), Bolsão (48%), Campo Grande (51%) – maior colégio eleitoral do Estado -- , Vale do Ivinhema (48%) e Conesul (44%).

Na região sudoeste, a vitória caberia a Dagoberto, com 46%. Murilo vence na Grande Dourados com 48%.

Voto Nulo

Chama atenção na pesquisa, o alto número de eleitores que declararam que podem anular ou votar em branco: 20%. O índice de indecisos também é alto: 39%.

A pesquisa Ibrape foi realizada com 1.119 eleitores entre os dias 15 e 18 de julho em todo Mato Grosso do Sul. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais e para menos. O intervalo de confiança estimado é de 96%. O instituto antecipa que divulgará nova pesquisa no mês que vem.

Também é informado que a pesquisa foi registrada sob o número 23860/2010 no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul.

Reprodução: Correio do Estado
Coligação de Zeca do PT elegeria dois senadores, diz pesquisa Ibrape