Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 23 de Julho de 2021

Sidrolandia

Com frigorífico e linha de produção na Tip Top, setor industrial de Sidrolândia deve abrir 250 empregos

A expectativa é de que no 1° trimestre do ano que vem a Rio Pardo Bioenergia (esmagadora de soja) comece a operar plenamente e amplie seu quadro de pessoal

Flávio Paes/Região News

02 de Novembro de 2014 - 23:21

Depois de encerrar os primeiros nove meses de 2014 com fechamento de 75 vagas de trabalho, o setor industrial de Sidrolândia deve reverter este cenário entre o final do ano e o inicio de 2015 com abertura de aproximadamente 250 empregos em apenas duas indústrias – a Tip Top, que atua na confecção de roupas infantis e o Frigorífico Balbinos, com previsão de começar as atividades em janeiro com capacidade para o abate diário de mil cabeças.

http://i.imgur.com/J23oAbV.jpgA expectativa é de que no primeiro trimestre do ano que vem a Rio Pardo Bioenergia (esmagadora de soja) comece a operar plenamente e também amplie seu quadro de pessoal. A Tip Top que hoje tem aproximadamente 150 funcionários, com a transferência de Campo Grande para Sidrolândia da sua unidade de costura, deve contratar ainda este ano 60 costureiras e outras 30 no início de 2015 quando a indústria atingirá 240 trabalhadores, quadro que tinha há quatro anos. Desde então houve redução do quadro de pessoal e a unidade esteve na iminência de ser fechada em função da concorrência com os importados chineses e questões tributárias.

Em 2013, a direção da empresa ameaçou fechar a unidade depois que a Secretaria de Fazenda aplicou uma multa (por questões tributárias) no valor de R$ 2 milhões. Na época o prefeito Ari Basso intercedeu junto ao Governo do Estado, por meio da então secretária de Produção, Tereza Cristina. A multa foi parcelada em 10 vezes a indústria assumiu o compromisso de reabrir as linhas de produção que havia desativado em Sidrolândia e ampliar o quadro de pessoal. Promessa que só agora começa a ser cumprida.   

Em relação ao Frigorífico Balbinos, que já mantém 40 funcionários, a expectativa, segundo o presidente do SINDAVES, Sérgio Bolzan, é o recrutamento de mais 200 funcionários. O Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Carne e Alimentação assinou convenção coletiva com a empresa, que concordou em conceder reajuste de 9%, elevando de R$ 810,00 para R$ 891,00 o piso salarial, além de fornecer uma cesta básica semelhante à concedida pela JBS.

Quadro de pessoal

Há pelo menos dois anos o setor industrial de Sidrolândia (que responde por 2.665 empregos com carteira assinada) vem passando por um processo de enxugamento. Nos primeiros oito meses deste ano, foram fechados 75 vagas, como registro de 804 contratações e 879 demissões, sendo que em setembro, foram fechados 21 empregos (88 contratações, ante as 109 demissões verificadas no período).

Em 2013, em igual período, houve o fechamento de 326 empregos (705 contratações e 1.031 demissões), resultado impactado pelo fechamento em junho da Usina Santa Olinda, de Quebra Coco, na época com 250 funcionários. A unidade JBS/Seara iniciou investimentos no valor de R$ 16 milhões com a construção de um novo túnel de refrigeração. A empresa quer ampliar de 170 para mais de 200 mil cabeças a capacidade diária de abate até final de dezembro.