Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Com ônibus da Cruzeiro do Sul lotados, usuários esperam até quatro horas para viajar até Campo Grande

Muitos usuários ficaram no terminal desde às 17 horas e até as 21 horas, quatro horas depois, esperavam pela chegada do ônibus vindo de outra cidade.

Flávio Paes/Região News

20 de Julho de 2014 - 21:40

Um início de noite de domingo tumultuado na rodoviária de Sidrolândia. Quem deixou para viajar a partir das 18 horas precisou de paciência para aguardar até quatro horas para embarcar. Às 19h30 quando estacionou na plataforma o ônibus vindo de Maracaju se estabeleceu uma confusão, porque só haviam 20 lugares disponíveis e mais de 60 pessoas aguardavam para viajar.  

Muitos usuários ficaram no terminal desde às 17 horas e até  as 21 horas, quatro horas depois, esperavam pela chegada do ônibus vindo de outra cidade, sem a certeza de que haveria passagem disponível. Os horários das 19h30,  21 horas e 23 horas, são baldeações e a empresa não tem controle sobre a disponibilidade de poltronas nestes veículos que vem de outros municípios. Por isto, não há venda antecipada de passagens no guichê.  

Esta situação foi vivenciada  por Janaína da Cruz, 19 anos, que veio visitar a mãe, Jaquelina da Cruz, moradora no Bairro Pé de Cedro. Janaína chegou às 17h30 e não havia mais passagem para às 18 horas . Quando o ônibus das 19h30 estacionou na plataforma ficou sabendo que também não haveria  passagem para aquele horário, tendo de esperar por mais duas horas, até às 21h30, por vaga no próximo ônibus.  

Isto aconteceu porque como só havia 20 lugares  e dezenas de passageiros esperavam no terminal..Os remanescentes teriam de aguardar até às 21 horas, quando chegaria outro ônibus e uma van que a empresa mandou vir de Campo Grande para atender a demanda.

Jaqueline não conseguiu vaga na VAN e só lhe restou aguardar o ônibus, sem a certeza de obter a passagem. "Moro no Jardim Montevideo, em Campo Grande, que fica longe do centro e não tenho dinheiro para táxi. Se sair daqui às 11 horas, vou perder o último ônibus do transporte coletivo que sai às 11h40", explica.

O aposentado João Moraes chegou à rodoviária às 18 horas e só conseguiu passagem de van para às 21 horas. A mesma sorte não teve Lucimar Garcia Ribeiro, 32, embora ela tenha chegado ao terminal também às 18 horas.