Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 27 de Maio de 2024

Sidrolandia

Começou ontem a capacitação dos técnicos municipais para utilização do CadÚnico

A capacitação, realizada pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), acontecerá até sexta-feira (13)

Notícias MS

11 de Agosto de 2010 - 08:17

Começou ontem (10), a capacitação de técnicos municipais para utilização do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). A capacitação, realizada pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), acontecerá até sexta-feira (13).

         O evento será realizado na Academia de Polícia Civil (Acadepol), sito na Rua Delegado Osmar de Camargo, S/N, na Sala A, Bloco 2, Parque dos Poderes (em frente ao prédio do Unifisco), no município de Campo Grande, das 8h às 18h, com intervalo para o almoço.

         A equipe de instrutores será composta por profissionais do Estado, que atuarão como multiplicadores. Estão sendo capacitados aproximadamente 15 técnicos dos municípios: Ponta Porã, Camapuã, Aral Moreira, Cassilândia e Tacuru, responsáveis por realizar as entrevistas e coletar os dados das famílias com perfil para o cadastramento.

         Os participantes terão acesso a nova versão do formulário do CadÚnico e serão orientados sobre a metodologia de preenchimento para a coleta correta de dados. A versão atualizada do formulário foi disponibilizada no final do ano passado pela Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc), do MDS.

            Metodologia 

          A capacitação é desenvolvida por meio de atividades de autoinstrução ou ensino individualizado e curso presencial, com aulas expositivas, desenvolvimento de atividades práticas e apresentação de vídeos. A carga horária total do curso presencial para os entrevistadores é de 32 horas.

          As aulas são ministradas para turmas divididas por região do Estado, com a participação de até 30 técnicos. Para ter direito ao certificado expedido ao final da capacitação, será necessário que o participante tenha uma frequência mínima de 90% da carga horária total prevista e obtenha, no mínimo, 80% de aproveitamento no teste final.