Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 23 de Junho de 2024

Sidrolandia

Conferência debate, hoje e amanhã, direitos de pessoas com deficiência

O governador André Puccinelli irá assinar o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Viver sem Limite, para receber as pessoas com deficiências em um modelo de atenção integrada, com assistência social, educação, saúde

Campo Grande News

09 de Agosto de 2012 - 13:00

Hoje e amanhã, cerca de 260 pessoas da sociedade civil e representantes de entidades que trabalham em causas de portadores de deficiência participam da 3ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, realizada no hotel Grand Park.

O evento foi aberto com a palestra “Um olhar através da Convenção da ONU sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência: Novas perspectivas e desafios”, seguida de mesas redondas e debates entre os participantes.

Segundo a presidente do Consep (Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência de Mato Grosso do Sul), Tânia Regina Noronha Cunha, a conferência tem por finalidade discutir e analisar as novas perspectivas da ONU para implementações de convenções sobre os direitos do deficiente, aprovado pelo Brasil para emenda constitucional.

“O desafio é implementar a constituição, queremos tirar os nossos direitos do papel e trazer para a realidade”, enfatiza Tânia. Na manhã de hoje, o governador André Puccinelli (PMDB) iria assinar o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Viver sem Limite, junto com ao secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antônio José Ferreira, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Porém, segundo a secretária estadual de Assistência Social, Tânia Garib, o governador viajou ontem para Brasília, para reunião no Ministério da Fazenda, e deve assinar o plano em outra ocasião e encaminhar à Presidência da República.

O plano é para atender as famílias que tenham algum integrante com deficiência, de acordo com Tânia Garib. “Entre cinco estados, Mato Grosso do Sul foi contemplado para instalar um Centro Dia, que será na Capital, para receber as pessoas com deficiências em um modelo de atenção integrada, com assistência social, educação, saúde”, explica a secretária.

Porém, segundo a secretária estadual de Assistência Social, Tânia Garib, o governador viajou ontem para Brasília, para reunião no Ministério da Fazenda, e deve assinar o plano em outra ocasião e encaminhar à Presidência da República.

O plano é para atender as famílias que tenham algum integrante com deficiência, de acordo com Tânia Garib. “Entre cinco estados, Mato Grosso do Sul foi contemplado para instalar um Centro Dia, que será na Capital, para receber as pessoas com deficiências em um modelo de atenção integrada, com assistência social, educação, saúde”, explica a secretária.