Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 19 de Maio de 2024

Sidrolandia

Corregedor acredita que MS pode ter ministro

Para o ministro, a “advocacia de Mato Grosso do Sul está muito bem representada, porém vocês só saberão meu voto no dia da eleição”, completa.

Capital News

19 de Agosto de 2010 - 15:47

A indicação do advogado de Mato Grosso do Sul, André de Carvalho Pagnocelli, na lista sêxtupla da Ordem dos Advogados do Brasil (Ordem dos Advogados do Brasil) para possível ingresso como ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TRT), é o reconhecimento "de um grande trabalho realizado no Estado", que está entre os três primeiros do País, principalmente em termos de organização e rapidez no julgamento, segundo Carlos Alberto Reis de Paula, ministro corregedor-geral da Justiça do Trabalho.

De Paula esteve nesta quinta-feira (19) em Campo Grande, em avaliação realizada no TRT do Estado.

Ele ressalta que o importante “é saber como o Tribunal está e não ficar fazendo comparações. Tem que comparar ele com ele mesmo”. Salienta ainda que a característica principal do magistrado da capital é a alta profissionalização.

Para o ministro, a “advocacia de Mato Grosso do Sul está muito bem representada, porém vocês só saberão meu voto no dia da eleição”, completa.

Acrescenta ainda que a obra do novo prédio do TRT-MS não será finalizada esse ano, por problemas de dotação de orçamento, pois faltam recursos para o término.