Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 22 de Julho de 2024

Sidrolandia

Crânio encontrado por garoto tem perfuração de bala

De acordo com a delegada titular da unidade, Regina da Mota, já requisitado exame de DNA para tentar identificar a vítima.

Campo Grande News

16 de Julho de 2010 - 13:17

O Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) já identificou que o crânio da ossada encontrada em um matagal perto no anel viário, na saída para São Paulo, em Campo Grande, apresenta um ferimento na cabeça, que deve ter sido causado por um tiro.

Um adolescente que estava no local dia 3 de julho encontrou os ossos e acionou a Polícia.

Informações preliminares indicavam que, pelo tamanho, os ossos poderiam ser de criança ou adolescente.

O caso chegou a ser encaminhado à 5ª DP (Delegacia de Polícia) e ficou a cargo da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

De acordo com a delegada titular da unidade, Regina da Mota, já requisitado exame de DNA para tentar identificar a vítima.

Pelo menos dois crimes que envolvem crianças e adolescentes ainda são mistério para a Polícia em Campo Grande.

Em fevereiro de 2009, o casal de namorados Nayara Lucas, de 17 anos e Wellington dos Santos, de 14 anos, desapareceram no Bairro Nova Lima.

O corpo do menino Luis Eduardo Gonçalves, assassinado em dezembro de 2008, também nunca foi encontrado. Apenas vestígios de ossos foram achados pela polícia em um terreno também na saída para São Paulo em 2009.