Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Maio de 2024

Sidrolandia

Desembolsos do BNDES sobem 37% e batem recorde

O setor de comércio e serviços recebeu outros R$ 5,19 bilhões, enquanto a agricultura ficou com R$ 2,64 bilhões

G1

14 de Abril de 2010 - 16:09

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) somaram R$ 25,5 bilhões, um recorde para o primeiro trimestre e um aumento de 37% em relação a igual período do ano passado.

As liberações foram lideradas pelo setor de infraestrutura, com 40% do total, ou R$ 9,93 bilhões, seguido pela indústria, com 30% do total, o equivalente a R$ 7,73 bilhões. O setor de comércio e serviços recebeu outros R$ 5,19 bilhões, enquanto a agricultura ficou com R$ 2,64 bilhões.

As aprovações subiram 31% no primeiro trimestre, para R$ 26,54 bilhões, dos quais R$ 11,60 bilhões foram para infraestrutura; R$ 7,74 bilhões para a indústria; R$ 4,83 bilhões para comércio e serviços e R$ 2,36 bilhões para agropecuária.

12 meses

Nos 12 meses até março, o BNDES desembolsou R$ 144,25 bilhões, um crescimento de 53% ante os 12 meses anteriores.

Já as aprovações foram de R$ 176,46 bilhões, 49% maiores que entre abril de 2008 e março de 2009.

A indústria liderou os desembolsos em 12 meses, com 44% do total, ou R$ 63,38 bilhões, um crescimento de 61%. O setor de infraestrutura aparece em seguida, com 36% do total, ou R$ 51,8 bilhões, um avanço de 43% em relação aos 12 meses anteriores. Comércio e serviços receberam R$ 20,43 bilhões, uma alta de 80%, enquanto a agropecuária ficou com R$ 8,35 bilhões, com expansão de 52%.