Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Detran enfrenta dificuldades para atender demanda

Diario MS

17 de Dezembro de 2010 - 10:48

Com o aumento de operações para apreensão de veículos irregulares durante o ano, juntamente com a grande demanda na época de festas, o pátio do Detran de Dourados está lotado. Com isso, o órgão enfrenta dificuldades para atender a grande demanda do fim do ano.

“Estamos tentando administrar a situação, mas com a chegada do fim de ano, as pessoas vão viajar e procuram diversos serviços do Detran. Chego muitas vezes às 7 horas da manhã e a fila já soma quase 30 carros”, afirma o gerente da Agência Regional de Trânsito de Dourados, Aparecido Dias Duarte.

Além das grandes filas para vistorias, que deixam as pessoas em espera de até 2 horas, hoje o pátio de veículos apreendidos do Detran de Dourados também está superlotado. O espaço conta com aproximadamente 600 motos e mais de 200 automóveis. Com o grande número de veículos, alguns automóveis estariam sendo instalados até fora do pátio.

“Houve um aumento das operações da polícia durante o ano e o número de veículos apreendidos no pátio também cresceu. Por isso, pedimos aos proprietários que procurem o Detran para regularizar a situação. Temos pessoas na agência que vão informar e orientar sobre qual a melhor forma de resolver a situação”, destaca o gerente regional.

 De acordo com Duarte, o problema é que a maior parte dos veículos ainda não está registrada no nome do novo proprietário. Com isso, o dono pode não receber as notificações que vão direto para o proprietário que consta no documento, como a que relaciona o veículo para leilão, após o período de 90 dias apreendido. “A liberação também só pode ser feita pelo proprietário ou por meio de procuração”, afirma o gerente regional.

Uma ação que colabora para evitar as longas filas no Detran é o serviço do carro zero, que faz o emplacamento na própria concessionária. “Desta forma nós conseguimos evitar o acúmulo no Detran e o proprietário do veículo não corre risco de andar sem documentação. Se for a vontade do dono, ele pode até sair da concessionária com o seguro, já que os documentos e o emplacamento estão prontos”, informa Duarte.

O gerente da Agência Regional de Trânsito de Dourados esclarece ainda que, mesmo com as longas filas, que atrasam o atendimento à população, todas as pessoas que solicitam os serviços do Detran devem ser atendidas. “Até atender todo mundo não acabamos com o expediente, mesmo que ultrapasse o horário de atendimento convencional”, afirma Duarte.