Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Maio de 2024

Sidrolandia

Dilma atribui crescimento nas pesquisas a aceitação do governo

A candidata falou com os jornalistas antes de participar de uma reunião com sua coordenação de campanha, no comitê que fica em Brasília.

Terra

16 de Agosto de 2010 - 15:21

A candidata petista à presidência da República, Dilma Rousseff, atribuiu, nesta segunda-feira (16), em Brasília, seu crescimento nas pesquisas de intenção de voto à sua identificação com o governo Luiz Inácio Lula da Silva e não apenas à ligação com a figura pessoal do presidente. "Estamos tendo uma aceitação muito grande da população brasileira. Um dos fatores é a popularidade do presidente Lula, mas é certo que tem um fator que está na popularidade do governo que é algo que eu represento. Eu represento o governo do presidente Lula", avaliou.

A última pesquisa Datafolha, divulgada semana passada, aponta vantagem de Dilma Rousseff sobre seu principal adversário, o tucano José Serra. A petista tem 41% das intenções de voto contra 33% do ex-governador de São Paulo.

Questionada se acredita em vitória já no primeiro turno, a candidata disse que não diria isso "nem amarrada". "Eu não falo isso nem amarrada. Porque é de uma soberba e de uma pretensão a gente achar que decide a eleição antes do dia 3 de outubro".

Horário eleitoral
Sobre o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão, que tem início nesta terça-feira, Dilma reconheceu que a propaganda facilitará o contato com os eleitores."Sem dúvida, a oportunidade de conversar na TV aberta é muito importante, (porque é) acessível a toda população. Sei perfeitamente o poder da TV aberta".

A candidata falou com os jornalistas antes de participar de uma reunião com sua coordenação de campanha, no comitê que fica em Brasília.