Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 30 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Dilma é novamente vaiada na premiação da Copa do Mundo

Ao entregar a taça para os alemães, Dilma continuou a ser vaiada e ainda ouviu coros pouco amigáveis de "vai tomar no c...". Além da presidente do Brasil,

G1

14 de Julho de 2014 - 10:10

A presidente Dilma Rousseff foi vaiada neste domingo todas as vezes em que aparecia no telão do Maracanã. A presidente do Brasil esteve neste domingo no estádio que recebeu a decisão da Copa do Mundo para entregar a taça de campeão a Philipp Lahm, capitão da Alemanha, mas, assim como ocorrera na Copa das Confederações e na abertura do Mundial, foi bastante hostilizada pela torcida nas arquibancadas.

Ao entregar a taça para os alemães, Dilma continuou a ser vaiada e ainda ouviu coros pouco amigáveis de "vai tomar no c...". Além da presidente do Brasil, diversos Chefes de Estado de todo o mundo assistiram à decisão no estádio: a chanceler alemã Angela Merkel, o presidente da Rússia Vladimir Putin, anfitrião da próxima Copa do Mundo, entre outros. Presidente da Argentina, Cristina Kirchner, com uma inflamação na garganta, não veio ao Brasil para assistir de perto à sua seleção.

Príncipes também estiveram no Maracanã, entre eles Ali Bin Al-Hussein, da Jordânia. Ali Bongo Ondimba, presidente do Gabão, e Viktor Orbán, presidente de um partido conservador húngaro, são outros convidados do presidente da Fifa Joseph Blatter, que também esteve na tribuna de honra do Maracanã.