Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 19 de Maio de 2024

Sidrolandia

DOF intensifica fiscalização para coibir contrabando de pneus

O comerciante acaba disfarçando o problema e o consumidor corre sério risco de ser prejudicado" diz o coronel

Correio do Estado

17 de Agosto de 2010 - 07:56

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) vem reforçando as fiscalizações visando coibir além do tráfico de drogas, o contrabando de produtos trazidos do Paraguai. De acordo com o balanço de apreensões do DOF até o mês de julho, o contrabando de pneus teve o maior aumento em comparação ao mesmo período de 2009. No ano passado, foram apreendidos até julho, cerca de dois mil pneus enquanto que, em 2010, o número de apreensões já chega a 8.484 pneus.

Para o diretor geral do DOF, coronel Joel Martins dos Santos, o aumento se deve a diferença de preços entre o produto no Brasil em comparação ao Paraguai. "Os baixos preços são os principais fatores, os pneus acabam sendo comercializados sem nenhum tipo encargo e isso atrai a atenção do consumidor. Porém, é necessário que o consumidor fique atento à qualidade do produto. Grande parte dos pneus contrabandeados é colocada no mercado com metade de sua vida útil. O comerciante acaba disfarçando o problema e o consumidor corre sério risco de ser prejudicado" diz o coronel.DOF intensifica fiscalização para coibir contrabando de pneus

De acordo com o coronel, as regiões de Sete Quedas e Ponta Porã são as que apresentam maiores números de apreensões de pneus. "Com a Operação Sentinela, as fiscalizações em áreas de fronteira continuarão intensas. Como não há uma base fixa do DOF para que os contrabandistas tenham como referência para poder burlar a fiscalização, nossas operações têm obtido sucesso. É claro que escapam algumas ocorrências devido a circulação das viaturas em vários trechos, mas são em menor número em comparação ao nosso saldo de apreensões" afirma.

Além das áreas de fronteira, o DOF também intensifica a sua fiscalização nas estradas vicinais encontradas pelas rodovias da região Centro Oeste, freqüentemente utilizada como rota de tráfico de drogas e contrabando.

Operação Sentinela

A Operação Sentinela é desencadeada pela Polícia Federal e tem como objetivo a fiscalização nas áreas de fronteira do Brasil para coibir o tráfico de drogas e o contrabando. Além do DOF, que já age nas áreas de fronteira do Centro Oeste, a Polícia Federal conta com o apoio da Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal e de outras forças de segurança. A Operação Sentinela está em vigor desde o dia 9 de março