Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Novembro de 2020

Sidrolandia

Eleição da OAB/SDIA começa às 9 horas, David e Djenane disputam presidência

Os advogados aptos ao voto (32) deverão, neste intervalo de horário, se dirigir até a sala da OAB no Fórum, local onde estará funciona a urna eleitoral.

Marcos Tomé/Região News

19 de Novembro de 2012 - 10:23

Foto: Emmileny Monteiro/Região NewsDavi

Djenane Comparim e David Moura de Olindo disputam a presidência da subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no município de Sidrolândia nesta terça-feira (20/11). Pela primeira vez na historia, haverá uma disputa pelo comando da instituição. David se diz confiante e tem como principal meta a reorganização da Ordem no sentido de dar sustentação aos advogados.

Já a advogada Djenane Comparim alega que vai implantar um novo modelo de gestão frente à entidade com intuito de ocupar o espaço de direito. Em sua avaliação, o advogado precisa de uma tratativa diferenciada, encher a Ordem como base de apoio a suas reivindicações. A eleição começou às 9 horas com encerramento previsto às 17 horas.

Os advogados aptos ao voto (32) deverão, neste intervalo de horário, se dirigir até a sala da OAB no Fórum, local onde estará funciona a urna eleitoral. O atual presidente da Ordem em Sidrolândia, Dr. Vital José Spies, nomeou o também advogado Dr. Alexandre Carvalho Delbin para conduzir o processo eleitoral.

No Estado

Em torno de 10 mil advogados estão aptos a votar nesta terça-feira para eleger a nova diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS), subseção de Mato Grosso do Sul, para o triênio 2012/2015. No mesmo dia também serão escolhidos a próxima diretoria da Seccional, Caixa de Assistência dos Advogados (CAAMS), Escola Superior da Advocacia (ESA/MS) e das 31 subseções da Ordem.

Três chapas estão na disputa: “OAB Forte e Presente”, chapa apoiada pela atual diretoria que tem como candidato a presidente, Júlio Cesar de Souza Rodrigues; “ Renova Ordem”, liderada por Alexandre Aguiar Bastos e “Restabelecendo a Ordem”, encabeçada por Marco Tulio Murano Garcia. A votação será entre 9 horas da manhã e 17 horas. Na Capital são 14 urnas, em Dourados, duas e cada sede da subsecção da Ordem haverá uma urna.

A votação será manual, através do preenchimento de cédulas. Neste pleito, a advocacia não poderá fazer uso das urnas eletrônicas, devido à determinação de manutenção dos equipamentos, feita pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Cada urna três mesários responsáveis que serão também responsáveis pela contagem dos votos. A expectativa da Comissão Eleitoral da OAB/MS é que o resultado seja conhecido até às 21h da terça-feira.