Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 17 de Abril de 2024

Sidrolandia

Em cinco municípios de MS é feriado hoje; Porto Murtinho completa 99 anos

Campo Grande, assim como Jardim e Costa Rica, comemoram o dia do padroeiro Santo Antônio

Midiamax

13 de Junho de 2011 - 14:53

Nesta segunda-feira, 13 de junho, em cinco municípios de Mato Grosso do Sul é feriado. Campo Grande, assim como Jardim e Costa Rica, comemoram o dia do padroeiro Santo Antônio; em Corumbá são comemorados os 144 anos da Retomada do município, já em Porto Murtinho é aniversário da cidade.

Porto Murtinho, município distante 454 quilômetros de Campo Grande comemora seus 99 anos de emancipação política e administrativa nesta segunda-feira. Às 7h houve alvorada festiva seguida do hasteamento de pavilhões e culto ecumênico.

Ainda durante a manhã acontece o desfile cívico militar, com a participação da rede de ensino e das forças militares. A noite haverá missa e show baile.

História

No início de 1892 os produtores de erva-mate do sul do Pantanal sentiram necessidade de criar um porto fluvial para centralizar o escoamento da produção. Depois de escolherem o local (a 50 km a montante do rio Apa, no rio Paraguai), a iniciativa do projeto, sob responsabilidade de Antônio Alves Corrêa, passou para a fazenda Três Barras, de propriedade do major Boaventura da Mota, que teve 3600 hectares expropriados para integrar o povoado. No local foi construído o Porto Fluvial Murtinho, local que deu origem à cidade.

Em 1900, a região teve grande desenvolvimento graças à Companhia Mate Larangeira, de onde se passou a embarcar chá para a Argentina. O transporte do mate — colhido num vasto império extrativo no atual estado de Mato Grosso do Sul — exigia 800 carretas e 20 mil bois.

Ao aproximar-se do rio Paraguai, o terreno torna-se pantanoso, e a Mate Laranjeira viu-se obrigada a construir um "aterro ferroviário" de 22 km, para chegar ao porto. Em setembro de 1911 foi criado o município, em 1919 tornou-se comarca e em 1929 tornou-se cidade. Em 1943 fez parte do Território Federal de Ponta Porã, extinto em 1946. Em 1982 a cidade foi atingida por uma grande enchente, problema este resolvido três anos depois com a construção de um dique de contenção de 11 quilômetros que extensão.