Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 28 de Fevereiro de 2024

Sidrolandia

Em dois meses de gestão interina, Bolzan comprometeu R$ 269 mil do orçamento da Câmara

Em dois meses de gestão, Bolzan que instituiu o pagamento mensal de R$ 3.100,00 de verba indenizatória para cada vereador

Flávio Paes/Região News

11 de Março de 2013 - 14:11

Desde 1º de janeiro no comando de um orçamento anual de R$ 4 milhões, o presidente em exercício da Câmara de Sidrolândia, Sérgio Bolzan (PT), não tem economizado a tinta da sua caneta por ordenador de despesas.

Em dois meses de gestão, Bolzan que defende o pagamento mensal de R$ 3.100,00 de verba indenizatória para cada vereador, já formalizou quase R$ 270 mil (exatos R$ 269.886,00) em gastos com a contratação de consultorias, compra de mobiliário dos gabinetes, ar-condicionados, manutenção de computadores que ainda estão em processo de aquisição.

Para mobiliar os gabinetes dos 13 vereadores, além da parte administrativa, Bolzan vai gastar R$ 125.886.00 na compra de 24 aparelhos telefônicos; um aparelho de televisão LCD de 42 polegadas; 25 computadores; 25 impressoras; 12 mesas; 12 escrivaninhas; cadeiras; poltronas.  Quatro empresas saíram vencedoras do pregão, a Moacir Hernandes Nonato, ficou com os lotes mais lucrativos, no valor de R$ 78.959,00.

A Divicon Sistemas Construtivos vai receber R$ 13.362,00 do Legislativo para montar as divisórias no prédio anexo da Câmara que está na fase de acabamento. Para garantir aos vereadores ligações telefônicas por celular sem nenhum custo, a Câmara firmou contrato com a Vivo por um ano, no valor de R$ 7.878,00.

O advogado do PSDB Daniel Alves vai ganhar por mês R$ 6,5 mil (R$ 78 mil ao longo de um ano) para prestar consultoria jurídica ao Legislativo que já dispõe de um assessor jurídico contratado como funcionário, Helder Pereira Franco.

O presidente da Câmara em exercício firmou contrato com Ronaldo Francisco de Oliveira para fazer a manutenção dos computadores do Legislativo ao custo anual de R$ 24.600,00. Ou seja, todo o mês o técnico vai ganhar R$ 2.050, o preço de um computador novo.