Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Fevereiro de 2024

Sidrolandia

Em Paranhos, pequenos produtores recebem resfriadores de leite e patrulhas mecanizadas

As patrulhas mecanizadas foram viabilizadas por meio de emendas parlamentares do senador Waldemir Moka (PMDB).

Flávio Paes/Região News

18 de Março de 2013 - 10:30

Foto: Paula Lucia/Região News

Em Paranhos, pequenos produtores recebem resfriadores de leite e patrulhas mecanizadas

Com o apoio da bancada federal e do Governo do Estado, o prefeito de Paranhos, Júlio Cesar (PDT), viabilizou três patrulhas mecanizadas e três resfriadores de leite, além de garantir o compromisso da Agraer de viabilizar sementes e calcário, para atender os seis assentamentos existentes no município.

“Uma das prioridades da nossa administração é garantir ao agricultor familiar estrutura para produzir, gerar emprego e melhorar as suas condições de vida”, destacou o prefeito que pretende encarar o desafio de tirar a cidade das últimas posições do ranking estadual do IDH, o índice de desenvolvimento humano.

No sábado pela manhã, o prefeito Júlio Cesar recepcionou seus colegas do Conesul, os prefeitos de Japorã, Vanderley Bispo e Amambai, Sérgio Barbosa, além de uma comitiva integrada pela secretária de Produção, Teresa Cristina; o delegado do Ministério do Desenvolvimento Rural, João Grandão e o superintendente do Incra, Celso Cestari.

ParanhosAs patrulhas mecanizadas foram viabilizadas por meio de emendas parlamentares do senador Waldemir Moka (PMDB). Os equipamentos vão beneficiar 249 agricultores familiares dos assentamentos Cabeceira do Rio Iguatemi (38 famílias); São José (137 famílias), São Vicente de Paula (40 famílias) e São Cristóvão (34 famílias).

O prefeito já viabilizou no Ministério do Desenvolvimento uma retro-escavadeira que servirá de suporte para a implantação de tanques de piscicultura, uma atividade que será estimulada para criar uma alternativa de renda e proteína para os assentados.  Em nome das comunidades beneficiadas receberam os equipamentos os presidentes das associações de agricultores dos assentamentos Cabeceira do Rio Iguatemi, Neusa de Barros; Ramão Montane, do São Vicente de Paula e Antonio Hernasque, liderança do Assentamento São José, Fazenda Jatobá.